Ocorreu um erro neste dispositivo

Reflexão XIV

11/04/13




Esta questão já foi de certa forma aflorada aqui há tempos nas entrelinhas deste blogue, mas agora é por demais evidente. Trata-se da "rivalidade" latente entre blogue e facebook. 
Tenho constatado que não apenas eu deixei de oferecer tanta vivacidade ao blogue. Vários são aqueles que têm preterido escrevinhar no blogue em favor do facebook, a despeito de alguns se manterem fieis ao seu espaçozinho na bloguosfera. As razões serão variadas; o facebook tornou-se mais imediato e mediático, é mais acessível, tornou-se igualmente mais simples, é mais directo e chega a mais longe e é mais amplo. Por outro lado, o que leva as pessoas a escrever, nem que sejam poucas linhas, esgotando-se no facebook, pouco sobrará da equação tempo livre vs impulso para escrever. 
O blogue é mais introspectivo, mais fechado em termos comparativos; tem uma público alvo mais restrito, por força dos interesses direccionados, e por isso obriga a uma maior criatividade e trabalho, se se ambicionar ser inovador ou transmitir algo de útil, evitando assim a repetição ou o exercício narcisista do relato dos feitos alcançados.
Foi, aliás, esta uma parte considerável da razão da minha ausência; escrever continuadamente sobre os mesmíssimos motivos que me levavam a explicar-me, seria fastidioso para todos, eu incluído, de tanto os ter anteriormente expressado.
Mas, pergunto-me se a situação actual no nosso País, e com ela o sentimento de tristeza, angústia, desalento, nessa ordem, não terá também a sua quota de importância no menor investimento das "blogueiros" no seu espaço.

E porque um blogue é um espaço "sui generis", com um valor enorme na manifestação do "eu", não no sentido egocêntrico, mas numa perspectiva pessoal onde o contributo de cada um poderá ser uma voz  muito útil sobre uma temática em concreto e, quem sabe? ser algo mobilizador de pequenas mudanças, acredito no motivo blogue.
Eu gosto de escrever, na dimensão a que estou reduzido, claro está, e divirto-me ao mesmo tempo que procuro ser sério sobre os temas abordados. Enquanto isso acontecer, cá estarei.

Companheiros, abraços triatléticos.

Sem comentários: