Ocorreu um erro neste dispositivo

BTT part I (ainda)!

04/03/16





Ora, vamos lá a ver se é desta que...Não tem sido fácil, mas há alguma tentativa que eu faça de ser feliz em competição que se tenha demonstrado fácil? A primeira incursão pelo BTT prevê-se para este próximo domingo. A outra ficou adiada por "motivos": a minha "querida amiga" resolveu chatear-me tanto, mas tanto que tive mesmo de ficar em casa e abdicar do prazer em favor das necessidades. E como já seria de prever, a corrida, essa velhaca, também se encontra na prateleira até novas "instruções" orgânicas. Calma, muita calma...não me tem faltado. O lamentável é que constatar que o campeonato europeu em Lisboa não vai passar pela minha porta. Há tantas outras formas de ser feliz no género!...Bom é saber que estou de volta ao ritmo do preparo do passado. A natação a funcionar em pleno, um pouco puxada devido à presença dum ucraniano que resolve fazer o mesmo programa de treino que eu e com isso "obrigar-me" a sentir-me picado. Uma chatice, mas que me tem levado a bater todos os records nas diferentes distâncias em ritmo de competição. O ciclismo não tem sido fácil, devido à meteorologia e à dificuldade que é encontrar planaltos em Odivelas (simplesmente não existem; quando for presidente da câmara, mando terraplanar esta cidade), por um lado, e pelo outro, de sair e entrar na metrópole em hora de ponta. Mesmo complicado. Mas, com os dias a crescer e a confiança a reforçar-se (saudades do sossego das estradas do Minho), a forma está a voltar e digamos que posso afirmar com propriedade que estarei no nível 1 de 3, o almejado objectivo. 

Vou estando mais ou menos atento aos desenvolvimentos da modalidade, embora reconheça que os duatlos me passem ao lado, dada a impossibilidade de os fazer (dois segmentos de corrida é muita fruta neste momento), mas espero que ao chegarem as provas com água, possa pelo menos arrastar-me nos 5 kms finais para, passo a passo, debelar as limitações e conseguir o "milagre" de abrir a tal janela de oportunidade que costumava ter e fazer pelo menos 3/4 meses à séria. O tempo bom pode ajudar e muito. Quando chegas, pá?

Companheiros, boas provas, muita diversão que eu também vou fazer por isso, e abraços triatléticos!


P.S.- caro Rita, a poção está a resultar :)))) aquele abraço


Sem comentários: