Ocorreu um erro neste dispositivo

Quem Será Quem Em 2011?

13/01/11




Aproxima-se a primeira prova das competições oficiais organizadas pela Federação de Triatlo de Portugal e com ela uma pequena demonstração do nível em que se encontrarão as estrelas maiores da modalidade. Muito embora nem sempre participem nos eventos de duatlo, acontece que quando a primeira prova é precisamente um duatlo, como irá acontecer no Jamor, no próximo dia 30 do corrente, é usual verificar que todos participam, com muito poucas excepções. Serão as saudades da compita, será o facto do evento ser no Jamor, onde muitas vezes estagiam e onde o percurso é muito atraente, será o desejo de aquilatar do nível dos adversários, seja por estas ou por estas e mais outras razões, o certo é que normalmente estão todos lá.
Dentro do sector masculino,  pude constatar há dois anos do elevado nível com que o Bruno Pais venceu a edição de então no Jamor. Embora num percurso diferente, o certo é que foi o único a conseguir bater Lino Barruncho (o grande especialista português em duatlos BTT) nos eventos realizados no Jamor. E essa prestação, juntamente com a vitória soberanamente alcançada, deu início a uma época extraordinária do atleta do Benfica, época essa onde não teve rival no panorama nacional.
No ano passado deu-se algo idêntico, embora com personagens diferentes e em lugares também eles diferentes. Isto é, João Pedro Silva venceu no duatlo das Lezirias e deu o mote para uma época também ela extraordinária, igualmente sem rival entre portas e com classe mundial demonstrada fora de portas, tendo até alcançado um título de grande nível - Campeão Europeu de Sub23.
Se a tradição se mantiver e todos estiverem presentes, dá vontade de afirmar que quem vencer nesta primeira prova nacional irá dominar a época 2011. Bom, não quer dizer que assim seja, mas esta prova do Jamor dará uma indicação forte sobre o nível de preparação em que se encontram os diversos atletas nacionais. Disso não tenho dúvidas, desde que...lá compareçam, o que eu acredito acontecerá com a maioria.

E a curiosidade agora será suspeitar de quem entrará em grande em 2011.
Este será o primeiro desafio que vos deixo. 
Será o próprio João Pedro Silva ou João Pereira? Ou Miguel Arraiolos? Ou Miguel Fernandes? Ou João Serrano? Ou Ruben Costa? Ou Hugo Ventura? Ou Duarte Marques? Eu acredito que os jovens de ontem jogarão cartas fortes este ano, mas talvez não seja ainda no Jamor que muitos deles consigam mostrar alguma forma, porque não é o seu meio natural e  assim sendo irá ser necessário aguardar lá mais por Março para se saber quem é quem esta época, quando o nado fizer parte dos percursos a vencer.  

O que faz resultar uma segunda questão: quem irá vencer no Jamor? É que há um candidato natural a vencer no Jamor- Lino Barruncho. A idade ainda lhe permitirá ambicionar uma vitória mais. Mas, terá rivais: Luis Almeida, José Veiga e Sérgio Silva, para além de alguns dos nomes citados anteriormente, concretamente: João Pedro Silva e João Pereira.

Para mim, ainda será cedo para destronar João Pedro Silva do trono, apesar do João Pereira...

Deixo-vos a sondagem na barra lateral.

Abraços triatléticos, companheiros.

6 comentários:

Triatleta disse...

Já estou "em pulgas" :-)

Um abraço,

TriPP

david caldeirao disse...

então mas não vais??? não estás melhor???
"que comecem os jogos" no Jamor em principio os "putos" não tem hipotese,com BTT muito tecnica...,é preciso estar com atenção aos mais "velhinhos", Lino, Luis Almeida, Custodio, Zé Mário, Neves.
mas como começa a taça colectiva, tenho que dizer que as Moças Algarvias, com reforços de luxo..., Elisabete e Irina, estão prontas para defender o titulo ;-)
vê lá se apareces!!! para pagar um café, abraço,

João Correia disse...

Efectivamente, não vai dar para estar no Jamor, por duas razões, sendo que a 1ª é que não estou em condições de participar. Isto vai melhorando, mas ainda é cedo (corrida).
O café tá combinado. Trata-se apenas de nos cruzarmos por aí. Não tem sido fácil, mas tantas vezes o cântaro vai à fonte...

As pulgas só aparecem quando a adrenalina anda alta.

Abraços e Boa sorte para o Jamor.

sica disse...

a minha aposta vai para o Lino

João Correia disse...

...e eu a pensar que terias sido tu quem apostou no João Pereira, por quem ambos temos muito apreço, sem desprimor para os outros, claro. Não que ele não tenha condições para vencer, ai se tem, mas...não digo mais.

Abraço, companheiro.

sica disse...

Oh, João os nossos Olimpicos têm de andar com pézinhos de lã se fizerem estes Duatlos, um azar e fica tudo em jogo, os Ferraris vão ter uma época Internacional muito exigente, isto é prova para um potente todo-terreno.
Temos de ver quem são os especialistas em Duatlo e quem realmente está apostado em dar o máximo nestas provas.
Agora em termos de época, não tenhas dúvidas que gostava muito que o João Pereira desse o salto para o patamar seguinte e o João Silva se mantivesse no patamar que já alcançou por mérito próprio.
Para além disso não esquecer o Duarte e o Bruno que tão bem nos têm representado nos últimos anos.