Ocorreu um erro neste dispositivo

A Special Day!

15/09/10



Encontro-me num microciclo de treino onde privilegio o Volume de treino. Para a semana darei mais ênfase à Intensidade. E hoje, por razões que se prendem com a vicissitude do meu novíssimo horário, que determinou a 4ª feira sem afazeres (vamos ver até quando), escolhi este dia , e mais um dos dois do fim de semana, mediante acordo familiar, tem de ser (ai! o rolo da massa), para realizar treinos looooongos. Pois é. E não é que foi mesmo longo? Ora vejamos: 144km de bicicleta, mais 65 minutos de natação,  com fato e palas. É um bocadinho para o longo, não é? Mas mais; há muito que planeava ir até Terras de Bouro. São cerca de 56 kms, mais centímetro, menos centímetro. Mas, não contente e aproveitando a embalagem dada pela minha motivação actual, decidi dar a volta por Amares, passando muito pertinho da Vila do Gerês. Em tempos, meti na cabeça que seria uma boa oportunidade de concretizar um trajecto diferente, pedalar por outras paisagens, e que paisagens. Depois, fiz aquela Clássica de Ciclismo, em Maio (?), precisamente até Terras de Bouro, onde se come um delicioso cozido, mas só ao Domingo e fora dos primeiros quinze dias de Setembro, e o apetite ( já que falamos de gastronomia...) aguçou-se. E foi hoje, mesmo sózinho, completamente só, eu e o meu rádio de telefone, mais a hidratação, uma maçã e uma banana, e claro, a bicla. Tinha de ser. E logo eu que quando se me mete uma coisa na cabeça... Mas, nem tudo foram rosas. 
Comecei bem , muito bem, solto, mesmo depois de no dia anterior ter andado a uma média de quase quase 35kms/hora durante perto de uma hora, com uns manganões com quem treino muitas vezes às 3ªs e 5ªs feiras, precisamente para não fazer treino intervalado sózinho. Como eles puxam bem, tudo malta nova...e especialistas em BTT, que é o que há mais para estas bandas, alinho com eles. São porreiros e ajudam-me no treino. Mas não me afectou. Pedalei solto e solto cheguei a Terras de Bouro. Depois, a coisa empinou e bem, longa empinação, até à descida que nos leva a São Bento de Porta Aberta. O problema veio depois, passado Amares. Alguma má disposição, aqui e ali cólicas, e o cansaço a instalar-se. Quando cheguei a casa, contei à minha mulher, que é enfermeira, e associando estas pequenas queixas ao meu hálito, detectou-me de imediato uma possível razão para este problema: devido à redução dos níveis de açúcar circulante no sangue o organismo foi forçado a utilizar as reservas de glicogénio para produzir energia, sendo que deste metabolismo resultou a libertação em alto nível de corpos cetónicos, cujo efeito por acumulação pode originar náuseas e vómitos, cólicas abdominais, fraqueza e mau estar geral. Voilá!
O certo é que comi bem, penso eu, antes, e hidratei-me igualmente bem, durante todo o percurso, usando a solução hidratante que já aqui referi num dos primeiros artigos. A razão pode estar na dificuldade do organismo em restabelecer o equilíbrio homeostático entre o treino antecedente e o de hoje.
À tarde, depois de ter dormido uma sesta, dediquei-me à natação durante uma hora e mais qualquer coisita, e aí senti-me bem, apenas cansado a partir dos 2000 metros.
Não pensem que estarei a pensar no Ironman. Nã senhor! Isto é tudo a pensar na minha preparação para o Triatlo Longo, esse sim, o meu objectivo a prazo. 
Acreditem que este foi um dia especial para mim e por isso desejei partilhá-lo convosco.

Bons treinos e abraços triatléticos.

6 comentários:

sica disse...

João deixa ver se percebi, deves ter passado cerca de 5 horas a pedalar, faz a conta às calorias que gastaste e diz-me lá se uma maça e uma banana são suficientes para repor, nem que tivesses comido dois pratos de cozido antes de começar :).
Bons treinos encontramo-nos em Setúbal.

Pedro Brandao disse...

Grande João. Parabéns pelo teu treino e pla tua motivação. Também já chegava de tanta desmotivação camarada. Em relação á alimentação tens que ter cuidado principalmente nesses treinos longos. É essencial. TRiatlo longo é obra. Dá-lhe forte companheiro.
Grande abraço e bons treinos.

João Correia disse...

Amigos Sica e Pedro,

De facto, Sica, tens razão, mas sabes... tenho por hábito precisar de pouco quando em esforço. Mas, desta vez pensei logo a seguir à degustação da banana que ia outra e mais outra e se calhar mais qualquer coisa. Não é a primeira vez que em treinos de 3 horas levo comida e a casa chego com mais de metade. Mas, desta vez lixei-me.
Pois é, Pedro, já chega de contrariedades por motivos físicos. Também mereço assim uma pausa longa ou definitiva, isso é que era bom.
Abraços para os dois companheiros.

david caldeirao disse...

moral da história... apanhas-te um belo EMPENO ;-) "só isso" aperta com o corpo que ele aguenta!!!

João Correia disse...

Viva, David!

Não, por acaso não se tratou de empeno, foi má disposição, incómodo, porque conseguia andar em plano acima dos 30km/hr. Já apanhei dois belos empenos e num deles tiveram de me ir buscar, noutro rastejei em cima da bicla até casa. Tenho pena de não te ver em Setúbal, mas há outras marés. E a gente ainda se "fala" antes do titan-ic.
Abraço, companheiro.

Vasco disse...

João, só de ler a descrição do teu treino quase que fico cansado. E pensava eu que tinha feito um treino duro no Sábado! Parabens, vemo-nos em Setubal.