Ocorreu um erro neste dispositivo

CNI Triatlo, Época 2010: Parabéns Campeões!!!

18/10/10



Enquanto cumpria o plano de correr durante duas horas e meia (30kms) na bela manhã de domingo, facto que consumei e que a minha memória bem esticada não se lembra de alguma vez o ter feito, confesso que várias vezes dei por mim a pensar como estariam a correr as coisas lá para os lados de Montemor-O-Velho e como estariam os meus companheiros a portar-se. Tanto tempo a correr dá para pensar em muita coisa, dá inclusive para nos perdermos nesse emaranhado, entre-cruzando passado, presente e futuro. E de certa forma, foi precisamente isso que os resultados cimeiros mostraram no final: Duarte Marques, João Pereira, Ruben Costa e Pedro Gomes, por um lado; Mariana Costa, Maria Areosa e Bárbara Clemente, pelo outro. Isto é, no topo da classificação podemos ler o futuro e o presente da modalidade, tendo como pano de fundo o passado daqueles que muito deram já à modalidade e que ainda agarram as oportunidades com a qualidade do seu valor. Por isso, eu fiquei muito satisfeito pela vitória masculina do Duarte Marques. Porque é um rapaz que trabalha muito, que não desiste, com um passado riquíssimo, com uma experiência competitiva para dar e vender. Depois do terceiro lugar em Setúbal, 3ª etapa deste campeonato, atrás de João Pereira e Bruno Pais, foi buscar a motivação necessária e arregaçar as mangas para mostrar que ainda está cá para as curvas. Não será o melhor triatleta da actualidade em Portugal, peço desculpa pela franqueza, mas seguramente é um dos melhores e provou merecer o título, premiando aquelas qualidades que atrás referi, e por isso lhe assenta muito bem. Assim como assenta muito bem o título a Mariana Costa, hoje por hoje a melhor triatleta da actualidade, na minha modesta opinião. E considerando a idade que tem e a evolução que está a registar, provando também merecer o investimento que a Federação tem feito na sua formação, dada a entrega, dedicação que tem evidenciado em prol da sua evolução, poderá vir a ser um caso na modalidade a nível internacional, onde tudo pode acontecer. Claro que tenho pena que o João Pereira e a Maria Areosa, que pela sua personalidade e qualidade humana e desportiva, também mereceriam um epíteto desta cariz, e não tendo chegado ao lugar maior, ambos sabem que um título deste género só pode ser entregue a uma individualidade de cada vez e os vencedores foram verdadeiramente merecedores.
Paralelamente, é um prazer verificar que nos 15 primeiros homens acontece imenso futuro; muitos juniores e sub23. Não desistam, rapazes, não desistam. Nas mulheres o futuro também é visível nos lugares cimeiros. E aqui tenho de realçar um dado muito risonho: o regresso de Anais Moniz. Que bom, Anais, que maravilha teres regressado às origens. 
O sector feminino, infelizmente, vive outros problemas e que não têm directamente a ver com o triatlo, mas sim com outras realidades, logo à cabeça a realidade cultural do País.

Em termos organizativos, e pelo que já li, lamenta-se que a prova mais importante da modalidade no calendário Nacional tenha passado ao lado literalmente do ambiente festivo e exultante que costuma acompanhar os eventos desportivos que apuram Campeões. Claro que há algumas atenuantes (as condições climatéricas são imprevisíveis), mas uma prova assim calendarizada para Outubro não será tarde demais? No mínimo, a calendarização merece ser reflectida, futuramente.

Abraços triatléticos e até Santarém, para quem ainda resiste à chamada do defeso. 

5 comentários:

Mark Velhote disse...

Olá João,

Um longo de 30Km merece sempre ser comemorado ainda por cima se é o primeiro desde há uns tempos!
A satisfação em concluir um treino destes só é superada pela Maratona propriamente dita.Digo eu! :D

Também pensei em ir visitar Montemor, conhecer o parque náutico e entrar na prova lazer, mas a crise e um treino igualmente longo (que bem preciso) ganharam a parada.
Concordo que a final tem lugar um pouco tardiamente, mas esperemos que eles venham aqui a este espaço recolher as impressões de quem anda efectivamente no terreno...

Li qualquer coisa sobre um duatlo em Sto Tirso? Tens alguma informação? Agradecido.
Entretanto Boa sorte para Santarém e continuação de bons treinos para a Maratona.

Abraço Triatlético
Velhote

sica disse...

Sem dúvida que os titulos foram bem entregues, também não tenho dúvida que o local a nivel " técnico " tem excelentes condições, no entanto tem pouca visibilidade para o público que está fora do Triatlo.
Respondendo ao Mark Velhote o Duatlo de Sto. Tirso foi anulado.
João vimo-nos em Santarém o Peniche ainda está na luta pelas posições cimeiras no PORTERRA.

Rui Pena disse...

Boas João,

Pelo treino, espero encontrar-te na Maratona...

... o Sica também vai aparecer...

Abraços...

Rui Pena

sica disse...

Disseste tudo Rui, o Sica vai aparecer, mas a estratégia para a prova vai ser só uma "correr", isso quer dizer nada de relógio, pulsómetro ou ritmo, vou-me limitar a correr e o corpo logo me dirá o que pode fazer, espero não dar-me mal com a brincadeira :).

João Correia disse...

Olá, companheiros! Sica, estou como tu sobre a maratona. Pergunta: quem mais se chega à frente?