Ocorreu um erro neste dispositivo

Drenagem Linfática!

21/10/10





Drenagem Linfática:

A partir do momento em que acordei com o meu fisioterapeuta, Diogo Cardoso, a parceria que aqui deixei referida recentemente, passei a recorrer aos seus conhecimentos para beneficiar de uma massagem regenerativa. Mas, fui de imediato colocado perante uma alternativa: “não prefere antes uma drenagem?” Na altura fiquei na dúvida sobre que técnica regenerativa utilizar, mas decidi-me pela drenagem, até porque gosto de experimentar coisas novas.


Drenagem linfática, o que é?

No contexto específico em que refiro (técnica regenerativa/recuperativa), e de forma muito genérica, actua ao nível do sistema linfático, facilitando a condução da linfa pelos vasos linfáticos, em resultado da sua acção relaxante, que por sua vez obedece ao princípio de que os líquidos “correm” das pressões altas para as pressões baixas. Sendo a linfa responsável pelo transporte e eliminação, ao nível do fluxo sanguíneo, de substâncias (entre ela logo à cabeça as toxinas) e líquidos em excesso, produz um efeito desintoxicante, o que nos casos de sobrecarga física, em resultado das cargas de treino, é excelente pela sua acção descongestionante. Mas não só. É ainda uma fonte auxiliar do sistema imunológico, auxiliando a distribuição de líquidos intracelulares e evitando a acumulação de líquidos em excesso, ajudando por isso a remoção do ácido láctico acumulado e de outros metabolitos. Para além de que produz um efeito analgésico, aliviando as dores musculares sentidas.


Técnicas

Pode ser feita manualmente ou de modo mecânico ou ainda de outras formas. No caso que usufruo, são usadas umas calças específicas, ligadas a um aparelho que vai regulando, de acordo com o programa predefinido, as pressões que vão ser exercidas nos membros inferiores, activando em alternância diferentes regiões, desde os pés aos músculos nadegueiros. São trinta minutos de relaxamento.


Alguns cuidados

No final, é aconselhável não realizar movimentos bruscos, antes aguardar o restabelecimento da tensão arterial ao nível dos padrões normais. Assim, uma sessão de drenagem aconselha-se que seja o último processo do dia no preparo do atleta. Também devem ser considerados outros cuidados, para as pessoas que sofram de hipertensão e/ou tenham outros problemas de saúde, que sendo vastos não interessa muito referir aqui, uma vez que já não estamos a tratar de quem se dedica à prática competitiva.


Conclusão

Antes de cada evento desportivo, e desde que as disponibilidades coincidam, faço uma drenagem. Os resultados têm sido muito positivos, embora não possa garantir que uma massagem de recuperação não possa produzir o mesmo efeito. Duma coisa tenho a certeza: tendo esta alternativa, não quero outra “coisa”. Amanhã, lá estarei eu para me "insuflar" até à cintura e ...relaxar!!!!


Bons treinos, companheiros.




Sem comentários: