Ocorreu um erro neste dispositivo

BTT Curvos!

10/07/11



(Foto: marioffernandes.blogspot.com)

Boa noite, companheiros.

Hoje foi dia de matar saudades da variante da arte de pedalar, o BTT. Já há muito que não pegava na "burra", naquela. Aliás, ainda tinha de retirar o frontal da minha última participação, o campeonato XCO de Vila do Conde.
A prova de Curvos servia, então, para isso mesmo; inserida no plano de treinos para o dia de hoje, também para matar saudades, para trabalhar a propriocetividade na  modalidade. Isto é, aferir da sensibilidade do corpo perante os desafios sempre imprevisíveis que os trilhos fora de estrada proporcionam e, acima de tudo isto, fazer relembrar à mente e às estruturas músculo-esqueléticas como é pedalar sempre, ou quase sempre, em sobressaltos. Pelo meio, servia também para reencontrar muitas caras conhecidas, algumas amigas, como foi o caso do Américo Machado que me confidenciou ser um fiel seguidor deste espacito. Obrigado, Américo, pela fidelidade. 
O evento é interessante. Hoje realizou-se a 4ª edição e os mais de 300 betetistas presentes fazem prova de que a organização cumpre muito bem o seu papel. Também é bem verdade que não será estranho os prémios de algum modo aliciantes que a organização anunciava à partida: 100 aérios para o 1º, 75 e 50 para os seguintes, e mais uns troféus para os restantes que se evidenciem. 
Já aqui falei disto, e esta prova de Curvos é o exemplo acabado de que uma boa organização faz uma boa projeção de um evento. Ao invés...o exemplo contrário é a Maratona de Viana do Castelo. Tomara, é isto mesmo, tomara que uma cidade como a de Viana, com largos pergaminhos também no desporto, pudesse ter uma organização como esta, de uma simples freguesia como a de Curvos; simples na humildade, grande na organização.
A distância a percorrer era também ela simples (25 kms), mas o trajeto, exemplarmente sinalizado, com o trânsito disciplinarmente condicionado, não sendo demasiado técnico, foi durito; muitas rampas lentinhas, em paralelo, faziam mossa nos quadricípedes. Inicialmente previa cumprir a distância em qualquer coisa à volta da 1h40'. Afinal, foram 1h24', com uma velocidade média de 17,7 kms/hra e...cansaço, bastante cansaço após uma semana de muito trabalho. 
A  manhã ainda ia cedo na hora e permitiu por isso ligar para casa e vir a correr tomar o pequeno almoço ( o segundo) com a mulher e a sobrinha, que entretanto iniciavam o dia, na loja do tio Belmiro.

Até breve, companheiros.


Sem comentários: