Ocorreu um erro neste dispositivo

Caminho Francês de Santiago: Dia III

25/07/11



Saída de Los Arcos, onde dormimos bem, ao contrário da anterior noite. Destinamo-nos a Logrono, à procura do tempo perdido. Aqui deparo-me com a sensaçao já revista de que temos muito a aprender com essa Europa fora; um parque exemplar que a populaçao tem ao seu dispor roi-me de inveja, tal a diversidade de atividades de ar livre que se podem lá fazer, passando pelas desportivas, lazer, ler, ouvir, conversar...Um verdadeiro exemplo, na diversidade e na extensao. Muito bem concebido.
A seguir noto Redecilha del Camino, um lugar de campos de trigo, que também nos transporta para outras paragens; a uniao europeia e as suas políticas. Só sei que estive perante um enorme celeiro espanhol. Até belorado, lugar onde decidimos ficar, passamos por mais dificuldades do terreno, num sobe e desce quase constante. A páginas tantas o Zé, vendo que eu ia me ia afastando para os esperar nas subidas, comeña a entrar em desespero e quer que eu siga, só, até á povoacao onde decida ficar e depois aviá-los, para nos reencontramo-nos lá. É um momento de alguma tensao. Nao há necessidade. fazemos aquilo que for possível fazer. Viemos juntos, chegamos juntos. Está decidido.
Ficamos pois em Belorado, onde encontramos outro amigável albergue, também com cozinha self-service e com um ambiente muito jovem, muito alegre. Aí procuro adiantar qualquer coisa na net e resolver o problema da descarga das fotos. Adianto, sim. Mas, este percurso é um verdadeiro taximetro de internet, onde cada minuto é pago a peso quase de ouro. Apesar de que em Belorado é um pouquito mais acessível. Ajuda. O lugar é agradável, também, mais uma vez com um bonito parque verde para laser associado.  Sempre.
Hoje fizemos 113 kms, num total de 7h52' a pedalar. Ontem foram 92,96 kms, num toatl de 6h e 31' pedalando. No primeiro dia 52,9 kms.

Companheiros, abráços e até breve.

Pequeno almoço em Belorado






Sem comentários: