Ocorreu um erro neste dispositivo

Caminho Francês de Santiago, entre 21 e 29 de Julho!

13/07/11



(Rota Azul)

A ideia havia surgido já há algum tempo, não sei bem porquê, mas surgiu. Ah! Muito provavelmente porque os Caminhos de Santiago fazem parte de um imaginário de sonhos, fruto dos relatos antigos e míticos, desde os tempos medievais, que me fascinaram sempre, imbuídos de estórias e estorietas fantásticas. Para além disso ou dentro disso mesmo, a busca da aventura.
Eu confesso que não vou aos caminhos com aquele intuito tipicamente religioso, na esperança de uma proximidade maior com Deus ou expurgar seja o que for, nem penitenciar-me por nada em especial, sequer penitenciar-me até. Vou porque é uma aventura, acima de tudo isso, uma aventura. Claro que irá haver reflexão filosófica sobre a religião, mais amiúde a católica, por via disto ou daquilo. Mas, não irei à procura de reforçar a fé, nem ao pagamento de alguma dívida com Deus, menos ainda à procura dos benefícios da sorte fruto de alguma superstição em especial. Não! Considero-me um católico liberal e por isso parto livre de dogmas e preconceitos. Deus e eu cá nos temos entendido.
Mas, não vou só. Comigo vão também dois amigos: o Paulo Santos, mais conhecido por Pajó, e o José Botelho.
A ideia é chegar no dia 29 de Julho, portanto 8 dias após a partida. Tudo parece estar planeado e pronto a andar. Os amigos, vindos de Lisboa, serão encontrados no sud-express, quando passar em Coimbra. Em Hendaye viramos para S. Jean de Port, onde então iniciaremos a empreitada. 
Conto fazer o diário da viagem. A dúvida é se será aqui ou no facebook. Está dependente das facilidades tecnológicas. Para isso, espero dispor do tempo necessário para usar o telemóvel. É sabido das regras apertadas relativamente ao cumprimento da hora do silêncio, ao cair da noite, nos albergues dos peregrinos. Vamos ver como a coisa funciona.
E os aventureiros são:

José Botelho

Pajó

Eu, pois.

Companheiros, abraços triatléticos.



5 comentários:

sica disse...

Gostei do texto e esta é uma aventura que espero um dia fazer, entretanto com toda a envolvência filosófica não te enganes no Caminho e em vez de Santiago vais para Paris como o outro ;-)

david caldeirao disse...

ele é com cada "maluco"...

boa sorte e diverte-te companheiro!!! :-)

forte abraço,

João Correia disse...

Esse o intuito, divertir-mo-nos. E acho que vai ser fácil alcançar esse objetivo. E levo um despertador para o caso de...:))

Abraços aos dois amigos e companheiros.

dvaz disse...

Bestial! Boa jornada!
grande abraço

João Paulo Torres disse...

Como já tive hipótese de desejar, aqui o registo: Bom Caminho Peregrinos e aventureiros!

Depois de por lá ter passado no passado mês de Abril garanto que não encontrei Deus, pelo menos não o encontrei naquelas vestes brancas nem tão pouco cravado na cruz como seria de esperar. Agora... o encontro comigo próprio e o sentimento de "paz comigo e com o mundo"... bem... "isso são outros quinhentos"!

O sentimento de tranquilidade que nos invade e nos toca em certos locais é "especial"!

Vão ver que vai valer a pena cada um dos 850 kms:)

De passagem pela Cruz de ferro mandem cumprimentos à minha pedra que lá deixei :)

Um abraço para todos e que no mínimo lhes corra tão bem como me correu a mim e já agora, que apanhem melhor tempo pois eu gramei chuva até dizer não há mais :)

Ultreia et Suseia :)

e vão treinando a campainha e o "Hola, Bici"