Ocorreu um erro neste dispositivo

Os portugueses e o triatlo!

29/10/11



Nada melhor para fechar a época 2011 que este enorme conjunto de resultados dos atletas portugueses em Eilat, Israel, no escalão sub-23, onde pontificou a extraordinária capacidade de João Silva, consagrando-se como o melhor atleta da Europa abaixo da proveita idade dos 23 aninhos (que saudades), conseguindo esse feito de ser bicampeão europeu. Não é para qualquer um. E ainda no setor masculino, apenas dois países conseguiram colocar três atletas no top 10; precisamente Portugal e a Rússia. Mas, não foram apenas estes que estiveram em destaque. Todos os que participaram em representação do nome de Portugal alcançaram grandes resultados, classificando-se de forma digna. Mas também no setor feminino, claramente dominado pelas russas, Anais Moniz alcançou um lugar de grande destaque com o sexto lugar final. Se aliado a estes dados, juntarmos os recentes resultados de Bruno Pais e também do próprio João Silva, nas últimas provas internacionais, poderemos afirmar que na realidade o triatlo, pela ação de todos os que diretamente e indiretamente contribuem para estes resultados, está de parabéns. E a propósito disto, quando me deparo com estes e outros feitos que os portugueses vão conseguindo por essas paragens borda-fora, recordo-me sempre do que um conhecido personagem do desporto luso me dizia, enquanto seu aluno: os portugueses têm jeito para o desporto. Provavelmente, até têm jeito para muito mais. Para o que não parecem ter jeito mesmo é para escolher quem os oriente. Que me desculpem os treinadores dos triatletas, mas sabem bem a quem me refiro.

Abraços triatléticos.



Sem comentários: